segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

O internauta participa – Artigo de Fernando Camboim

Todas as postagens deste blog são de minha autoria (afinal o blog é meu e leva o meu nome), mas este espaço também se encontra aberto (como sempre esteve) para a colaboração e participação dos amados e queridos irmãos, enviando seus artigos e estudos para uma PERTINENTE publicação.
E inaugurando este espaço de colaboração externa no “Blog do Anchieta”, tenho a satisfação de postar um pequeno (mas profundo) artigo de autoria do meu amado e caro irmão Fernando Camboim, congregado na “Igreja de Cristo” daqui de Pau dos Ferros-RN. Eis o artigo:

O VALOR ESPIRITUAL DO SANGUE DE JESUS

Eucaristia para os Católicos e para outros “A mesa do Senhor”, mas ambos dizem o mesmo. A distorção está no fato de se utilizar os ingredientes como instrumento de manipulação, resultado de toda a transformação de uma verdade como sempre tem acontecido ao longo dos séculos relativo a tantas outras. O Valor espiritual do sangue de Jesus é apenas o fato do sacrifício ter gerado a ressurreição, profeticamente, e desde os primórdios tipificados, foi esse único sacrifício reconhecido pelo Pai e concluído no Gólgota. Podemos dizer até que é o sangue da ressurreição. A Mesa Eucarística do Senhor só diz isso. O resultado do sacrifício que levou a ressurreição. Então, o sacrifício foi para Deus unicamente, e quando celebramos, devemos ter essa idéia somente. É Como se todos nós estivéssemos presente na mesa do Senhor junto com os 12 (numa extensão tribal e genealógica) e o Senhor Jesus estabelece uma lembrança antecipada do que iria acontecer depois, a ausência de Jesus pela ressurreição.

“Mas diz assim: E agora digo isto, irmãos: que a carne e o sangue não podem herdar o reino de Deus, nem a corrupção herda a incorrupção”. I Co 15:50. Continue a leitura até o versículo 57 de I Co 15 que você vai tocar no valor espiritual do sangue Eucarístico. Amém.

“Eis aqui vos digo um mistério: Na verdade, nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados; Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e OS mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados. Porque convém que isto, que é corruptível, se revista DA incorruptibilidade, e que isto, que é mortal, se revista DA imortalidade. E, quando isto que é corruptível se revestir DA incorruptibilidade, e isto que é mortal se revestir DA imortalidade, então cumprir-se-á a palavra que está escrita: Tragada foi a morte na vitória. Onde está, ó morte, o teu aguilhão? Onde está, ó inferno, a tua vitória?Ora o aguilhão DA morte é o pecado, e a força do pecado é a lei. Mas, graças a Deus, que nos dá a vitória, por nosso Senhor Jesus Cristo”.

Fernando Camboim Filho


Obs.: Os artigos de outra autoria publicados neste blog não necessariamente refletem uma concordância plenária com os mesmos, e são de inteira responsabilidade dos respectivos autores.

Anchieta Campos

2 comentários:

Vitor Hugo da Silva disse...

A paz do Senhor Jesus, irmão Anchieta Campos!

Estou retornando ao BLOGS nesta semana, pois não possuo banda larga em minha casa, somente em meu trabalho. Fico muito feliz em saber que você tem frequentado o meu BLOG para ler os artigos. Esta alegria somente Deus pode compreender, pois pessoas como você, Gutierres, Victor Leonardo, Pastor Carlos,Pastor Geremias enfim tantos homens de Deus, capacitados de uma maneira linda na presença do Senhor, estão entrando em meu BLOG e comentando. Para mim é uma grande honra receber a cada um destes homens em meu BLOg. Quem sabe um dia, saberei escrever de uma maneira tão linda e inspirada como vocês!

Deus o abençoe meu amdado irmão em Cristo!

Vitor Hugo.

Anchieta Campos disse...

Amado irmão Vitor Hugo, a Paz do Senhor!

É bom tê-lo de volta a ativa na esfera "blogal". Estava sentindo falta de suas postagens e palavras em seu blog.
Suas palavras me honram sobre-maneira, vindo de uma pessoa que nem você principalmente! São um grande estímulo a continuarmos nossa peleja em defesa do Evangelho na internet. Saiba que sou um admirador seu e de seus escritos!
Agora essa de dizer que um dia quer escrever igual a minha pessoa e dos demais irmãos citados por você, isso é sinal de uma grande humildade! Pois o amado escreve muito bem, assim como os demais escritores ortodoxos da UBE.
Deus abençoe a você e sua família grandemente! sempre prosperando e lhe mantendo fiel em seu ministério! em nome de Jesus!

Abraços fraternos!

Anchieta Campos