segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Um tributo a Rafaela Mayara

Hoje, pela madrugada, faleceu uma jovem crente, exemplo de fé, linda, simpática, e que seu sorriso nos trazia muita paz.

No culto de ontem à noite vi seu pai, irmão e irmã (sua mãe estava com ela em Natal); saudei seu pai e perguntei por sua filha Rafaela, ele me responde meio triste que ela não está nada bem, pede oração e se dirige para o púlpito. Rafaela era (e é) a sua caçula.

No culto o irmão Guedes, que hoje reside em Mossoró, dá seu testemunho de cura de um câncer do estômago em um estágio bastante avançado, e diz que se pudesse partir hoje desta vida ele queria, pois saberia para qual endereço estava indo.

Durante o culto observo o semblante do irmão Nicodemos, pai de Rafaela, e às vezes o vejo sorridente e adorando a Deus, outras o vejo com um semblante triste e angustiado. Muitos questionamentos me vieram durante o culto.

Termina o culto e fico sabendo por um irmão que a Rafaela de apenas 15 anos entrou em coma com a primeira aplicação do tratamento contra o seu câncer na cabeça. Outros questionamentos vieram.

Acordo hoje pela manhã e vejo uma chamada perdida do irmão de Rafaela, penso logo o pior. Retorno para ele e tomo conhecimento do veredicto divino: Rafaela, aos seus 15 anos, uma crente em Jesus exemplar, linda, com um sorriso estonteante e que nos trazia muita paz, foi levada por Deus para o seio celeste.

Ao desligar o telefone, ainda sem saber muito bem o que se passava em mim, começo a me perguntar:

Jesus não já curou pessoas de câncer?! Sim!

Jesus não já ressuscitou pessoas?! Sim!

Jesus tinha o poder de curar Rafaela?! Sim!

Jesus tem o poder de ressuscitá-la?! Sim!

Jesus permitiu a doença e morte de Rafaela?! Sim!

Aí me pergunto: Jesus vai ressuscitá-la??? E respondo para mim mesmo: creio que não...

Mas por que Jesus não vai ressuscitá-la?? Ele ressuscitou Lázaro não foi!? Aí respondo para mim mesmo: Lázaro era Lázaro, Rafaela é Rafaela. Com certeza ambos muito amados e queridos por Jesus, mas com certeza ambos também debaixo da soberania e sabedoria de Deus.

Neste momento outro fato me vem em mente: ambos, tanto Lázaro quanto Rafaela, estavam debaixo da graça salvadora de Deus. Ambos tinham um endereço fixo, que nunca foi esta terra, mas sim o céu de glória, este sim, morada eterna e permanente (Jo 14:1-3; 1 Pe 1:3,4; Hb 13:14; Fl 3:20,21).

Deste modo me tranqüilizo mais e acho respostas para todos os meus questionamentos.

Rafaela, você se foi, mas sabemos seu endereço, que é o céu, ao lado de Jesus. Te veremos por lá um dia!

“Eis aqui vos digo um mistério: Na verdade, nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados; Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados. Porque convém que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade, e que isto que é mortal se revista da imortalidade. E, quando isto que é corruptível se revestir da incorruptibilidade, e isto que é mortal se revestir da imortalidade, então cumprir-se-á a palavra que está escrita: Tragada foi a morte na vitória. Onde está, ó morte, o teu aguilhão? Onde está, ó inferno, a tua vitória? Ora, o aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado é a lei. Mas graças a Deus que nos dá a vitória por nosso SENHOR Jesus Cristo” 1 Co 15:51-57.

Anchieta Campos

4 comentários:

R. Reis disse...

Irmão, meus sentimentos!

Sei o que é passar por esses questionamentos... quando minha mãe faleceu eu só tinha na mente "POR QUÊ???".
Isso se agrava quando morre um inocente... quando morre um crente com tanto ainda a viver...


Sim, Jesus ressuscitou Lázaro, mas ELE mesmo faleceu, sofreu as dores da morte. E entendo que ressurreição de Lázaro e a dEle mesmo como uma promessa que iremos, nós cristãos, ressuscitar em sua segunda vinda. Como vc citou em 1 Cor. 15...

Que Deus o conforte e conforte a família da Rafaela!

"E lhes enxugará dos olhos toda lágrima, e a morte já não existirá, já não haverá luto, nem pranto, nem dor, porque as primeiras coisas passaram." (Apocalipse 21.4)

Anchieta Campos disse...

Irmã R. Reis, a paz do Senhor.

Obrigado por suas palavras. Com certeza os familiares dela receberão o conforto que suas palavras (oração) produziram.

A volta de Jesus e a ressurreição são as maiores esperanças da Igreja, é o que nos dá motivação para nunca desistirmos de seguir a Cristo.

Abraço.

Anchieta Campos

james disse...

Graça a vós e paz da parte de Deus e de nosso Senhor Jesus Cristo, amado irmão Anchieta Campos.

Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo que, não nos deixa enganados, e nos dá a certeza que, "se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também aos que em Jesus dormem Deus os tornará a trazer com Ele."

Oremos uns pelos outros, e que o Senhor conforte os corações de nossos irmãos.

Fraternalmente.
James.
www.jesusmaioramor.blogspot.com

Anchieta Campos disse...

Amado irmão James, a paz do Senhor.

Obrigado por suas palavras; sábias, como sempre.

Oremos.

Abraços fraternos.

Anchieta Campos