sábado, 15 de novembro de 2008

Debates soteriológicos – Livre arbítrio X Predestinação incondicional (Parte 03 - Conclusão)

Ver a parte 01 em Debates soteriológicos – Livre arbítrio X Predestinação incondicional (Parte 01).

Ver a parte 02 em Debates soteriológicos – Livre arbítrio X Predestinação incondicional (Parte 02).

Concluindo esta série, publico os comentários do artigo Faraó, predestinação e livre arbítrio. Recomendo a leitura desta série pela ordem dos três artigos, qual seja, evidentemente da Parte 01 até esta Parte 03.

“Anchieta Campos,

Paz seja contigo!

Se me permite, gostaria de fazer um breve comentário sobre seu bem escrito artigo. Não vou me deter muito na questão do endurecimento do coração do Faraó, pois não penso muito diferente do irmão, embora chegue a implicações diferentes. Vou me concentrar em outros pontos de sua mensagem.

O irmão diz, sobre a Reforma, que "o inimigo de nossas almas também não iria ficar de braços cruzados vendo Deus restaurando o seu povo para a verdade, surgiram pensamentos e doutrinas divergentes, mais precisamente, surgiu uma doutrina divergente principal no seio reformado, que é a doutrina que diverge entre a predestinação incondicional e o livre arbítrio do homem...", o que dá a entender que a doutrina da predestinação é, em sua origem ou influencia recebida, diabólica.

E quanto ao livre-arbítrio o irmão o trata como sendo "a liberdade de escolher ou não se segue o caminho da salvação", e aqui não tenho muito a acrescetar, senão apenas a destacar que liberdade é diferente de capacidade. O homem é livre para voar, saltando do vigésimo andar agitando os braços? Sim. Ele conseguirá voar? Tenho dúvidas...

O irmão se posicona mais adiante dizendo "...sou partidário da existência do mesmo [livre-arbítrio], não apenas porque minha igreja a defende, mas acima de tudo, porque a Bíblia defende a existência da liberdade de escolha do homem em crer ou não em Deus, em amá-lo ou não (amar, sentimento tão intrínseco), em aceitar ou rejeitar a oferta de salvação". Novamente, concordo se liberdade não significar capacidade.

O irmão disse que "um dos principais pilares da doutrina da predestinação seja o tão falado Faraó, o rei absolutista do Egito antigo". Eu discordo disso, pois o endurecimento de Faraó não prova a predestinação, embora demonstre a incapacidade do homem.

Pulo a sua argumentação sobre Faraó, pois essencialmente concordo com o irmão. Tudo o que o irmão disse apenas confirma a minha convicção sobre o livre-arbítrio.

Mas quero comentar o que segue:

"Em Tiago 4:8a está escrito: Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós; este verso, além de demonstrar o livre arbítrio do homem, declara um princípio bastante importante, que é o que Deus respeita as nossas decisões e age conforme a atenção que damos a Ele..."

Gostaria que o irmão considerasse meu post sobre essa passagem em http://cincosolas.blogspot.com/2007/11/quem-se-achega-primeiro.html

Irmão, da leitura de seu texto, concluo que na questão do livre-arbítrio discordamos em exatamente 50%. Não é de todo ruim, não acha?

Em Cristo,

Clóvis”.
“Prezado irmão Clóvis, a paz do Senhor.

É sempre bom vê-lo por aqui. Suas participações são sempre respeitosas e de bom nível. Oxalá que todos os que por aqui passam fossem que nem o irmão!

Vou procurar ser sucinto também.

Primeiramente, quanto a sua conclusão de eu ter expresso que a doutrina da predestinação é de origem ou influência diabólica, a mesma realmente não procede. O que quis dizer é que os pensamentos e doutrinas divergentes (divisão, falta de comunhão) são de influência ou origem demoníaca, mas não me referi a doutrina da predestinação.

Quanto a sua comparação entre liberdade e capacidade, tenho a dizer que concordo que liberdade é diferente de capacidade em seus sentidos estritos. Mas trazendo para a salvação vejo que o homem é incapaz de SE SALVAR A SI MESMO, mas tem a capacidade de aceitar e seguir a quem lhe é CAPAZ DE SALVAR.

Por fim, quanto a sua observação sobre Tiago 4:8, ainda não li sua postagem (algo que breve farei), mas posso deduzir que o amado sustenta que o homem seja incapaz, em seu estado de morte no pecado, de sozinho se voltar para Deus. Se sua conclusão for esta, tenho a dizer que concordo com o amado. O homem, por si só, e isto é universal, jamais iria por iniciativa própria e sem nenhum estímulo buscar a Deus. Vemos em Gênesis Deus buscando o já caído Adão, e o mesmo juntamente com sua mulher, usando de seu livre arbítrio, se escondendo do Eterno.

A salvação é um relacionamento inter-pessoal, onde deve haver reciprocidade mútua. Deus sempre está de braços estendidos e ouvidos atentos para salvar o homem (Is 59:1), mas alguns insistem em serem tipificados em Hb 2:1-3.

No demais, os verbos de Tg 4:8-10 denotam uma ação estritamente pessoal (alimpai, purificai, senti, lamentai, chorai, humilhai-vos).

Quanto a discordarmos em 50% na questão do livre-arbítrio, não é algo realmente louvável, mas é bem melhor do que os 0% dos fundamentalistas calvinistas.

Forte abraço.

Anchieta Campos”.
“Anchieta,

Nossos 50% de concordância quanto à capacidade do livre-arbítrio não causa grande impacto no nosso grau de concordância, quando colocamos na balança tudo o que concordamos.

Quanto à minha impressão de que o irmão dava a entender que a doutrina da predestinação era de origem diabólica, ela foi totalmente desfeita pelo esclarecimento feito.

E tenho imenso prazer em dialogar com o irmão, seja no que concordamos, seja naqueles pontos em que divergimos. Para mim é grandemente proveitoso.

Em Cristo,

Clóvis”.

“Irmão Clóvis,

É fato, como bem já tinhamos anotado, que as nossas concordâncias são bem maiores que nossas divergências. E isto sim é algo louvável!

Confirmo a reciprocidade de seu último parágrafo. Amém.

Em Cristo,

Anchieta Campos”.

Espero, sinceramente, que esta série de postagens seja de muito proveito e sirva de esclarecimento para todos quantos possa interessar. Amém.

Anchieta Campos

30 comentários:

Clóvis disse...

Anchieta Campos,

Não é que ficou legal nosso bate-papo?

Como disse, foi um prazer trocar idéias com o irmão e espero que futuramente possamos tratar de outros assuntos polêmicos no mesmo espírito.

Em Cristo,

Clóvis

Anchieta Campos disse...

Caro Clóvis, a paz do Senhor.

É verdade! Percebi que estes ricos comentários não poderiam ficar escondidos por detrás de um link de comentários.

Creio piamente que sempre teremos este espírito de respeito mútuo, seja em qual tema for.

Forte abraço.

Anchieta Campos

james disse...

Graça e paz vos sejam multiplicadas, pelo conhecimento de Deus e de Jesus, nosso Senhor, amado irmão Anchieta Campos.

Bem conclusiva a troca de idéias dos irmãos, mas gostaríamos de pincelar algumas considerações:

Sobre a predestinação, o interessante seria que, se Deus já havia predestinado há alguns milhares antes da fundação do mundo, chegamos à conclusão que, muitos que pereceram, perecem e que perecerão, Deus simplesmente “permitiu ou permitirá”, que a estes isto ocorra, portanto, negaria a Si próprio, quando afirma:

“Assim, também, não é vontade de vosso Pai, que está nos céus, que um destes pequeninos se perca.” (Mateus 18.14), e

“O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia; mas é longânimo para conosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se.” (2Pedro 3.9)...

Portanto, assim podemos dizer, não ocorrer a predestinação, mesmo no plano pessoal, pois, entendemos que Deus não tem compromisso com “um” homem e sua salvação eterna, tem e terá um compromisso com o coletivo, com um povo, “O qual se deu a si mesmo por nós para nos remir de toda a iniqüidade, e purificar para si um povo seu especial, zeloso de boas obras.” (Tito 2.14)...

Comprovamos em Tito que não ocorre a predestinação, pois se assim o fosse, qual a necessidade de Cristo ter tanto padecido na cruz do Calvário, uma vez que, já havia a predestinação de muitos, como afirmam???

Lembramos que todos os que dormem, aguardam a vinda do Senhor Jesus, 1Tessalonicenses 4.15-17, assim, os que dormem e os que estiverem vivos, iremos “ encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor.”...

Por fim, é necessário que o homem busque (Hebreus 12.14) fazer parte deste povo, que é perfeito em santidade, e, jamais se apoiar em seu poder carnal.

Fraternalmente.
James.
www.jesusmaioramor.blogspot.com

Anchieta Campos disse...

Caro irmão James, a paz do Senhor.

Muito boa a sua participação!

Além do fundamento bíblico (o que já é o suficiente), não consigo aceitar como lógico e justa doutrina da predestinação incondicional do homem.

Forte abraço.

Anchieta Campos

cincosolas disse...

James,

Que o nosso Deus continue a te abençoar grandemente! Permita-me uma rápida consideração ao seu comentário.

O irmão diz que se Deus predestinou alguns para a salvação e permitiu que outros perecessem, então Ele estaria negando a si mesmo. E como base para isso cita a passagem que diz que a vontade de Deus é que nenhum "destes pequeninos se perca" e a que fala que Deus não quer "que alguns se percam".

Porém, o que você não considerou é a quem o Senhor estava se referindo, e fica claro que se trata dos escolhidos do Senhor.

O irmão insiste que "não ocorre a predestinação, pois se assim o fosse, qual a necessidade de Cristo ter tanto padecido na cruz do Calvário, uma vez que, já havia a predestinação de muitos, como afirmam?".

Primeiro que o irmão pode negar à vontade a predestinação, mas ao abrir a Bíblia lá estará ela, pois Deus "em amor nos predestinou". E segundo, não é bom confundir eleição e expiação, por isso recomendo a leitura do artigo "Predestinação e Expiação" em http://cincosolas.blogspot.com/2008/07/predestinao-e-expiao.html

Em Cristo,

Clóvis

james disse...

Graça e paz de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo, amado irmão Anchieta Campos.

Permita-me elucidar!

Clóvis,

Conheçamos o amor de Cristo, que excede todo o entendimento, para que sejamos cheios de toda a plenitude de Deus.

Li seu artigo, e quando afirma “a morte de Jesus era necessária para que o desígnio da predestinação fosse alcançado”, com certeza, e para expiação de nossos pecados, pois "Cristo Jesus veio ao mundo, para salvar os pecadores" (1Timóteo 1.15), e pecadores somos todos nós, Paulo, Pedro, João, Tiago, Ananias, Timóteo, James, Clóvis, Anchieta, Altair, Gutierres, Silas, Edir Macedo, Lutero, Obama, padre Marcelo, Filipe Massa, Ratinho, Silvio Santos, todos somos pecadores, e, Jesus veio para salvar a todos!!!

Ainda em seu artigo, onde utiliza Efésios 1.3-11, vamos mais além, versículo 19, “... a sobreexcelente grandeza do seu poder sobre nós, os que cremos, segundo a operação da força do seu poder,”, note bem, entre vírgulas, “os que cremos”, porque a condição de crer?

“Para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna... Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus.” (João 3.15,16,18).

Finalmente, todas as vezes que abro minha Bíblia, a predestinação de um povo, sem nomes pré-determinados, estará lá, “em amor nos predestinou”, realmente Deus predestinou o homem para salvação, entretanto, este mesmo homem precisa ser provado se é apto para adquirir salvação, preciso querer ser um dos escolhidos (não é obrigado!), e quem são os escolhidos? Os que invocam o nome do Senhor, os que crêem em Cristo Jesus!!

“E há de ser que todo aquele que invocar o nome do SENHOR será salvo; porque no monte Sião e em Jerusalém haverá livramento, assim como disse o SENHOR, e entre os sobreviventes, aqueles que o SENHOR chamar.” (Joel 2.32)

“Porque todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo.” (Romanos 10.13)

“E acontecerá que todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo.” (Atos 2.21)

Fraternalmente.
James.
www.jesusmaioramor.blogspot.com

cincosolas disse...

James,

Continuemos pois.

Você concorda comigo que a eleição não torna a morte de Cristo sem sentido ou desnecessária, embora anteriormente tenha dito "qual a necessidade de Cristo ter tanto padecido na cruz do Calvário, uma vez que, já havia a predestinação de muitos, como afirmam?". Porém, considerando que "Cristo Jesus veio ao mundo, para salvar os pecadores" (1Timóteo 1.15) e que de Chico a Francisco todos são pecadores, conclui que Jesus veio para salvar a todos. Mas então, cabe perguntar: Jesus falhou em sua missão? Pois se Ele veio para salvar a todos sem exceção e nem todos são salvos, há que se concluir que Jesus falhou em seu propósito, pelo menos em parte. A menos que se diga que Ele não veio para salvar, mas apenas para tornar a salvação possível. Mas daí você precisaria mudar o versículo citado para "Cristo Jesus veio ao mundo para tornar possível a salvação dos pecadores".

Quanto à minha citação de Efésios 1:3-11, você não contestou que a passagem apresenta uma estreita relação entre eleição e expiação, a eficácia de uma dependendo da outra. O que você fez foi citar o verso 19, que diz “... a sobreexcelente grandeza do seu poder sobre nós, os que cremos, segundo a operação da força do seu poder”. Ora, em primeiro lugar o versículo citado não desfaz a interdependência entre eleição e expiação, portanto o meu argumento permanece firme. Em segundo lugar, o verso serve para provar alguma tese arminiana? Segundo você, a fé é uma condição. Mas condição para que, você não esclarece, mas suponho que seja para apropriação da salvação. Eu discordo disso, pelo contrário afirmo que crer é a única condição imposta para a salvação. Mas uma outra questão se levanta: como a pessoa crê? Pela capacidade de seu livre-arbítrio? Convido você a ler novamente o versículo que você citou, especialmente a parte que diz "os que cremos, segundo a operação da força do seu poder". O que nos capacita a crer não é um livre-arbítrio inventado em salas de filosofia, mas o poder de Deus. Sem que Deus opere poderosamente em nós, ninguém consegue crer.

Então avanço um passo a mais. Já ficou estabelecido que da eleição decorre a expiação e sabemos que desta última a aplicação da salvação. No eleger vemos a ação do Pai. Na expiação, a obra do Filho. E na aplicação o poder do Espírito Santo. Ora, se Deus quer salvar a todos sem exceção, o Filho morreu para salvar a todos sem exceção e o Espírito Santo está fazendo o melhor que pode para salvar a todos sem exceção e mesmo assim vemos que grande parte dos homens vão para o inferno, não é de se concluir que o Pai está decepcionado, o Filho desapontado e o Espírito Santo frustrado? Não é o vemos nas Escrituras sobre a Trindade.

Você ainda que quando abre a Bíblia vê a predestinação de um povo e como não vê nomes nega a predestinação de indivíduos. O arminianismo sofre desse mal. Como rejeitam o que a Bíblia diz de forma simples e direta, inventam alternativas "palatáveis" às doutrinas "indigestas" ao orgulho humano. Mas como só existe uma verdade mas várias mentiras, as "soluções" arminianas variam tanto. Uns dizem a eleição é pela presciência, outros dizem que é corporativa e outros zombam da onisciência divina e da natureza da igreja advogando uma eleição amorfa, exemplificada na forma de um navio predestinado ao céu. Portanto, não me surpreende a sua saída com a eleição corporativa.

Porém, quando você diz o homem "precisa ser provado" e mostrar que "é apto para a salvação", custa-me acreditar que estou ouvindo isso de um cristão evangélico. Se o homem previsa mostrar-se apto para a salvação, então a salvação não é por graça, mas por aptidão. Isso, meu irmão, deixa de ser arminianismo para se tornar pelagianismo escancarado. Espero, sinceramente, que apenas tenha se expressado mal.

Quanto aos versos bíblicos que postou, digo amém a todos eles, mas tomados em seu sentido natural, sem forçar de fora uma interpretação, confirmam o que eu creio.

Em Cristo,

Clóvis

james disse...

Graça e paz a vós, da parte de Deus, nosso Pai, e da do Senhor Jesus Cristo, amado irmão Anchieta Campos,

Novamente, peço licença para expor sobre minha fé, através de vosso sublime blog...

Clóvis,

Somente para minha conclusão, assim...

Conforme meu dicionário, prof. Francisco da Silveira Bueno, o adjetivo “apto” refere-se a: hábil; capaz; idôneo; próprio; conveniente; aprovado.

Portanto, quando afirmo que “o homem precisa ser provado se é apto para adquirir salvação”, jamais afirmei que a salvação é por aptidão, como quer insinuar (noto que tentas manipular a “letra”)...

Assim, com o que aprendemos acima, torno a reafirmar: “o mesmo homem precisa ser provado se é aprovado para adquirir a salvação”, pode entender agora???

Ou, como afirma as Sagradas Escrituras:

“Bem-aventurado o homem que suporta a tentação; porque, quando for provado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor tem prometido aos que o amam” (Tiago 1.12), e

“Para que a prova da vossa fé, muito mais preciosa do que o ouro que perece e é provado pelo fogo, se ache em louvor, e honra, e glória, na revelação de Jesus Cristo” (1Pedro 1.7);

Então, se indivíduos já são predestinados, porque então serem provados, se conforme afirma a teologia (doutrina, ou o que seja) da predestinação, já lhes está garantida a salvação, ou seja, ser provado para aquilo que lhe é assegurado?? Desnecessária é a provação!!!

Até mesmo nosso amado irmão Paulo nos asseverou, “Sede meus imitadores, como também eu de Cristo” (1Coríntios 11.1), se então há alguns indivíduos predestinados, a quem Paulo chama a atenção, a meia dúzia??

Ainda, da “Grande Comissão” a ordem de nosso Amado Senhor e Salvador, em Mateus 28.19,20, “... fazei discípulos de todas as nações...”, assim, qual a necessidade de fazer discípulos, se alguns indivíduos já são predestinados?? Será perca de tempo, ensinar a quem não é de salvação, a não ser que, os desta doutrina já conhecem quem são os predestinados??

Novamente, como se asseverar que indivíduos são predestinados?? Uma vez que, nos afirma as Sagradas Escrituras em Apocalipse 22, que ficarão fora da vida eterna os “cães e os feiticeiros, e os que se prostituem, e os homicidas, e os idólatras, e qualquer que ama e comete a mentira” (v.15), e quando nosso Amado, “o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim, o Primeiro e o Derradeiro”, assim nos garante:

“Bem-aventurados aqueles que guardam os seus mandamentos, para que tenham direito à árvore da vida, e possam entrar na cidade pelas portas” (v.14), e outra vez,

“E o Espírito e a esposa dizem: Vem. E quem ouve, diga: Vem. E quem tem sede, venha; e quem quiser, tome de graça da água da vida” (v.17);

E disse-me mais: “Está cumprido. Eu sou o Alfa e o Omega, o princípio e o fim. A quem quer que tiver sede, de graça lhe darei da fonte da água da vida.” (21.6)...

Note bem: “... E QUEM QUISER, TOME DE GRAÇA DA ÁGUA DA VIDA” e outra vez “QUEM QUER QUE TIVER”, assim, todos os homens, digo, TODOS OS HOMENS, tem por livre opção, livre arbítrio, desejo, amor, vontade, necessidade, querer, faculdade de decidir, pela graça de Deus, agraciada aos homens (TODOS OS HOMENS), pelo sofrimento de Jesus Cristo na cruz do Calvário...

Noto ainda, que gosta de muitos “ismos”...

Outrossim, jamais eu seria um cristão evangélico, Jesus Cristo nos chamou a sermos crentes, não evangélicos (João 20.27; 1Coríntios 1.21; Atos 16.1; Gálatas 3.9,22 “Mas a Escritura encerrou tudo debaixo do pecado, para que a promessa pela fé em Jesus Cristo fosse dada aos crentes.”)...

Portanto, é imprescindível meditarmos nas Sagradas Escrituras, quando nos diz em 2Timóteo, capítulo 3, acerca da corrupção nos últimos tempos que “... aprendem sempre, e nunca podem chegar ao conhecimento da verdade” (v.7) e outra vez, em Tito, capítulo 1, acerca dos falsos doutores, que todas “as coisas são puras” (v.15)...

Por fim, sendo a Bíblia toda “divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça; Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra” (2Timóteo 3.16,17), e, em verdade quando Deus afirma “o homem”, não pré-determina que seja meia dúzia de indivíduos pretensiosos para que fossem predestinados, caso contrário, não haveria necessidade alguma de Deus ter agraciado à humanidade com as Sagradas Escrituras...

Aliás, se considera ser um dos indivíduos predestinados??

Fraternalmente.
James.
www.jesusmaioramor.blogspot.com

Luiz Calvinista disse...

Querido Irmão, tudo na Paz do Senhor Jesus?
Rapaz seu estudo é manipulado, pois pelo jeito vc só ler livro da Cpad, que aliás só tem publicado livros de Calvinistas diga-se de passagem!!!
Se a doutrina da predestinação que é tão mal entendida pelos arminianos é demôniaca, então o Kapeta deve te escrito a Bíblia arminiana, pois só 40 Textos no NT deixa claro ela, ou seja 4 vezes mais textos que falam da divindade de Cristo!!
Analizar o texto no grego em um dicionário exegético de peso e não só no vine que além de antigo é muito ultrapassado e absoleto!!
Estude a Teologia Reformada sem preconceitos e sem manipular a Bíblia. Pois o seu estudo sobre a predestinação é muito tendencioso, pois vc não expos a Bíblia, apenas manipulou os textos!!
Você parece alguns amigos meus Reformados que estudam o pentecostalismo cheios de preconceitos, e acabam tendo uma visão distorcida desse movimento que enfatiza o nosso Deus agindo e operando!!!
Pois o que nós pensamos manipula nosso entendimento, por isso devemos nos despir do nosso pensamento para fazermos uma pesquisa equilibrada, correta e principalmente JUSTA!!
Todavia quantos teólogos na história da igreja eram arminianos?
Só Charles "herege" finney e John Wesley que foi um homem de vida piedosa!!!
E na Atualidade?
Ah!! antes que vc me pergunte Sou Calvinista, não Cessacionalista (não creio que os dons e os milagres se cessaram), Pressupocionista, e Amilenista!!!
Vamos trocar idéias, e aprendermos coisas juntos, sem debates ofensivos que não trazem edificação!!

Anchieta Campos disse...

Irmão Luiz, a paz do Senhor.

Como você deve ter percebido, não é a primeira vez que um "calvinista" se dirige a mim.

No momento tenho a dizer que respeito sua posição teológica, embora não concorde com a mesma.

Será um prazer trocarmos idéias, no momento em que tivermos oportunidade para isto.

Abraço.

Anchieta Campos

james disse...

Graça e paz de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo, amado irmão Anchieta Campos.

Precisamos remir nosso tempo em meditar nas Sagradas Escrituras, veja bem, nas Sagradas Escrituras, e não em teologias...

Aliás, como também me sinto fazendo parte nesta sadia discussão, me permita referir ao ilustre calvinista, irmão Luiz:

Medite nesta passagem, "Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no Reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus." (Mateus 7.21), portanto, fazer a vontade de Deus, é uma obrigação ou uma opção??

Ainda, como o irmão admite a idéia de Calvino, a predestinação de indivíduos, questiono: Você, irmão Luiz, é um dos indivíduos predestinados a salvação???

James.
www.jesusmaioramor.blogspot.com

Anchieta Campos disse...

Nobre irmão James, a paz do Senhor.

Você sabe que tem livre-trânsito neste meu humilde espaço.

Seus comentários serão sempre bem vindos, pois são de extremo proveito.

É bom tê-lo envolvido em uma discussão sadia sobre a Palavra de Deus em meu blog.

Abraço.

Anchieta Campos

Luiz Calvinista disse...

Claro que tenho!!!,
Pela graça soberana de nosso Deus, pois até as minhas boas obras (frutos), foram preparadas de antemão (Ef 2:8-10).
Fui chamado eficazmente e levado à Cristo (Jo 6:44), regenerado (1 Jo 5:1), e o Espírito Santo testifica em mim (Rm 8:18), e intercede por mim (Rm 8:26), é nada pode me afastar de Cristo e Ele de mim (Rm 8:37-39).
O irmão tem dúvidas a respeito da sua salvação ou acha que foi baseado no seu querer (livre-arbitrio)?
Agora sobre Mt 7:21-23, é uma entre as muitas advertência do Senhor Jesus Cristo, contra os falsos profetas, ou seja, crentes professos porém falsos que se introduziram-se no meio do seu povo para destruir, enganar, roubar e principalmente desvia o povo da sã doutrina , é só ler as Pastorais, 2º epístola de Pedro e Judas. Esses falsos profetas são tão sujo que se pudessem enganariam até os Eleitos (escolhidos), como o próprio Senhor fala em Mateus 24:24. Para o irmão entender a fé reformada e ver sua total coerência, é necessário estudar muito, e entender o 1º ponto do Calvinismo: A depravação total, e vou falar um pouco, ou seja, bem resumidamente.

Luiz Calvinista disse...

VOCÊ TEM DIFICULDADE DE ENTENDER A PREDESTINAÇÃO, POIS VOCÊ NÃO ENTENDE ESSAS DUAS VERDADES: A SOBERANIA DE DEUS E RESPONSABILIDADE MORAL DO HOMEM.

VOU FALAR UM POUCO DA DEPRAVAÇÃO TOTAL:

O HOMEM É UM AGENTE MORAL "LIVRE", PORÉM ELE É LIVRE PARA AGIR DE ACORDO COM SUA NATUREZA E INCLINAÇÕES. E QUE NATUREZA O HOMEM TEM SEM CRISTO? ELE TEM O LIVRE-ARBÍTRIO, OU SEJA, A NEUTRALIDADE MORAL OU A INCLINAÇÃO DUPLA (BEM OU MAL) ? OU SERÁ QUE ELE É ESCRAVO DO PECADO, POIS NASCEU COM O PECADO IMPUTADO DE ADÃO?
A BÍBLIA FALA CLARAMENTE QUE TODOS NÓS JÁ NASCEMOS EM PECADO (Sl 51:5; Sl 58:3) E SOMOS DEPRAVADOS (Rm 1:17-32) E ESCRAVOS DO PECADO E INCAPAZES DE BUSCAR A CRISTO POR NÓS MESMOS, POIS ESTAMOS MORTOS ESPIRITUALMENTE (Jo 6:44,65; 1 Co 2:14, Ef 2:1), PORÉM OS HOMENS DESPREZAM A DEUS, POIS O PECADO A QUAL NASCEMOS É A ESCRAVIDÃO, QUE SÓ CRISTO PODE LIBERTA (Rm 6:22). A BÍBLIA ENSINA QUE ÍMPIO (REPRÓBO) É ENTREGUE AO JUSTO JUÍZO DE DEUS, OU, SEJA A PERDIÇÃO, (Jd 4; Rm 9:17-22; Rm 11:7; 1 Pe 2:8) , ELE NÃO É FORÇADO A PECAR, POIS JÁ NASCEMOS COM A IMPUTAÇÃO DO PECADO DE ADÃO (Sl 51:5; Sl 58:3). COMO DIZ UM GRANDE TEÓLOGO: “TODOS NÓS NÃO SOMOS PECADORES PORQUE PECAMOS, MAS PECAMOS PORQUE SOMOS PECADORES”. QUANDO OUVEM A MENSAGEM DO EVANGELHO SÃO NATURALMENTE ENDURECIDOS (Hb 3:15), COMO NÓS TAMBÉM ANTES DO ESPÍRITO SANTO OPERA EM NÓS A REGENERAÇÃO (Jo 1:12-13; 1 Jo 5:1), PORÉM O ESPÍRITO SANTO QUE NOS REGENERAR E VIVIFICA O HOMEM (ANTES MORTO ESPIRITUALMENTE) E NOS DÁ UMA NOVA NATUREZA E A FÉ (Tt 1:1), PARA QUE POSSAMOS CRER E SER SALVOS. PORÉM A VELHA NATUREZA (ADÃO=OBRAS DA CARNE) NÃO MORREU E CONTINUA DENTRO DE NÓS. PORÉM TEMOS A NATUREZA DO NOVO HOMEM (CRISTO=FRUTO DO ESPÍRITO), E ELAS VIVEM EM CONFLITO CONSTANTE (Rm 7:15-25; Gl 5:17).
TE PERGUNTO, ANTES DE DEUS NOS LEVAR CRISTO (Jo 6:44,65): ÉRAMOS LIVRES E NEUTROS MORALMENTE (LIVRE-ARBITRIO) OU ÉRAMOS ESCRAVOS DO PECADO? UM ESCRAVO TEM LIBERDADE DE ESCOLHA (LIVRE ARBITRIO)?
NÃO HÁ QUEM ENTENDA, NÃO HÁ QUEM BUSQUE A DEUS (Rm 3:11 De Sl 14:1-3 e 53:1-3).
NOSSOS PAIS (ADÃO E EVA) FORAM CRIADOS COM O LIVRE-ARBITRIO, PORÉM COM O PRIMEIRO PECADO O HOMEM PERDEU O LIVRE-ARBITRIO E MORREU ESPIRITUALMENTE E SE TORNOU ESCRAVO DO PECADO, POR ISSO PAULO FALA QUE ATRAVÉS DE ADÃO (Rm 5) A MORTE (FÍSICA E ESPIRITUAL) ENTRARAM NO MUNDO E TODA CRIAÇÃO GEME (Rm 8:22).

Anchieta Campos disse...

Irmão Luiz,

Não discuto e nunca irei discutir que o homem está morto no pecado e que não pode, POR SI MESMO, se voltar e buscar a Deus.

O cerne da questão, se você ainda não teve discernimento para contemplar, está no fato que os defensores do livre-arbítrio bíblico defendem que Deus ordenou que a Palavra fosse pregada para todos (Mc 16:15), sendo que é da vontade de Deus que todos sejam salvos por esta pregação (1 Tm 2:4; 2 Pe 3:9), mas nem todos são os que dão crédito (ou fé) a esta pregação (Rm 10:11-16), sendo a fé o elemento que produz o fruto da pregação, elemento este de responsabilidade do ouvinte (Hb 4:2; Mc 16:16; At 16:31). E por que não há essa fé? At 7:51 responde.

Abraço.

Anchieta Campos

james disse...

Graça e paz vos sejam multiplicadas, amado irmão Anchieta Campos.

Eis o cerne da questão:

Nossos ilustres “adversários”, querem levar a discussão sobre predestinação e livre-arbítrio, sob a ótica da teologia reformada, o que por si só já nos deixa dúvidas...

Portanto, é inviável prosseguir tal discussão, uma vez que, buscamos a Palavra de Deus como vínculo imutável de nossa fé e nossos “adversários”, a referida teologia calvina, chegando a indagar que “é necessário estudar muito, e entender o 1º ponto do Calvinismo”...

Se tiver que estudar muito, continuarei a estudar/examinar a Bíblia, como o tenho feito há pelo menos dez anos, noite e dia... preciso remir o tempo, e não perdê-lo!

A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja com todos vós. Amém.

Fraternalmente.
James.
www.jesusmaioramor.blogspot.com

Luiz Calvinista disse...

Querido irmão Anchieta
Você que não teve nenhum discernimento para entender nada o quê eu falei, pois um morto espiritualmente e escravo do pecado, não tem vontade neutra, nem muito menos liberdade!!!
Vejo que vc tem um anseio de estudar o Grego Koiné, estude que irá abrir sua cabeça, pois 1 Tm 2:4; 2 Pe 3:9; Tt 2:11, pois o verbo "querer" Grego thelo, nos dicionários exegéticos e gramáticas gregas de católicos e evangélicos, irá "matar" os arminianos que querem manipular as escrituras de raiva!!!
Procure a Gramática do novo testamento Grego do James Swetnan (católico) ed. Paulus ou a do Lourenço Rega da Vida Nova (bem fundamental básica). Agora se vc tivesse lido meu comentário iria ver que já respondi o sobre a At 7:51, sobre a "resistência" dos homens é causa da sua natureza corrompida (Sl 51:5; 58:3).
Deus é Soberano, não só para o que nós queremos, porém em tudo e em todas coisas (Rm 11:33-36), uma pena que os arminianos pentecostais não aceitam essa verdade!!
Mas claro que isso só estudando teologia de forma imparcial e não tendenciosa; Pois abrirá seu entendimento, pois estudará as Teologias: Reformada, Arminiana, Pentecostal, Neo-ortodoxa, Liberal, da Libertação, e agora a nova heresia do Teísmo Aberto defendida pelo Ricardo Gondim!!
CREIO EU QUE ISSO O AJUDARÁ BASTANTE!!

Luiz Calvinista disse...

Esses debates não chegaram a lugar nenhum, pois todos tem suas opiniões, é tem que estudar o assunto com seriedade sem manipulação doutrinária!!
Porém a solução é exegese dos textos!!
Se o irmão Anchieta estuda-se e tivesse conhecimento básicão na gramática grega não seria tão descontextualizado, só Jesus!!!
Olha só seu comentário:
mas nem todos são os que dão crédito (ou fé) a esta pregação (Rm 10:11-16), sendo a fé o elemento que produz o fruto da pregação, elemento este de responsabilidade do ouvinte (Hb 4:2; Mc 16:16; At 16:31).
Já ouviu falar ou sabe o quê é chamado externo e chamado Eficaz? Regeneração Vc crer pois nasceu de novo ou seja é nascido de Deus (1 Jo 5:1)? !!
Ou seja Regenerado, pois antes era morto espiritualmente, ouviu a mensagem e o Espírito Santo faz o que fez com Lídia (At 16:14), e passou ter fé pois ouviu (Rm 10:11-16).
Uma verdade absoluta é Efésios 1, pois Deus PAI nos elegeu e nos predestinou (vs 3-6) Deus FILHO nos redimiu e pagou o preço por aqueles que o Pai lhes deu (vs 7-10, Jo 6:65), o Espírito Santo nos chama eficazmente a Cristo (vs 11-14).
Leia alguns "comentários" dos livros e das passagens dos textos "polêmicos" e estude boas e excelentes gramática gregas em português tem coisas boas, porém em inglês (para quem tem condições de importar livros e facilidade com a língua), vale à pena investir!!

FICO FELIZ POR DAR MINHA CONTRIBUIÇÃO, PORÉM FICA MEU CONSELHO PARA OS IRMÃOS, ATÉ MAIS!!

SOLI DEO GLORIA
LUIZ CALVINISTA - Th.M.

Anchieta Campos disse...

Amado irmão James, a paz do Senhor.

Você simplesmente foi no ponto principal!

Nosso irmão Luiz acaba por se entregar e assumir sua religiosidade humana em seu próprio título: Luiz CALVINISTA.

Ser fiel ao extremo a uma linha teológica ou a determinado homem é muito perigoso e algo contrário as Santas Escrituras.

Anchieta Campos

Anchieta Campos disse...

Irmão Luiz,

Você está postando estes comentários em um artigo de uma série de debates entre um crente no livre arbítrio contra um crente na predestinação incondicional.

Caso tenha percebido, fora possível haver essa troca de idéias e fundamentos por ambas a partes, pois houve sempre atenção e zelo um pelo outro, mantendo-se um nível realmente louvável.

Julguei que com relação aos seus comentários não seria possível desenvolver um debate nos mesmos moldes.

Poderia aqui citar inúmeras outras referências e fundamentos, mas não vou fazê-lo pois julgo pura perca de tempo, pois o irmão está cegamente "correto" de que a predestinação incondicional do homem é a verdade, totalmente fechado para crer na revelação bíblica sobre o assunto.

Apenas destaco que conheço, de "cor e salto alto" toda a fundamentação teórica do calvinismo. Eu no início de minha fé, mesmo sendo membro da Assembléia de Deus, cria na predestinação incondicional do homem e na contemporâneidade dos dons, exatamente como o irmão crê! E para abandonar o calvinismo não precisei me valer de obras "arminianas", mas das próprias falhas e insustentáveis produções da linha calvinista (lembrando que falo no ponto da predestinação incondicional).

Creio que o irmão precisa sair da minha fase de neófito e crescer um pouco mais no conhecimento da graça e do nosso Senhor Jesus Cristo.

No demais, as suas alegações, bem como os principais fundamentos da predestinação incondicional, já foram rebatidos neste blog em outras oportunidades.

Por fim, agradeço, de todo o coração, por suas sempre constantes visitas e comentários em meu humilde blog.

"Vivo eu, diz o SENHOR, que ainda que Conias, filho de Jeoiaquim, rei de Judá, fosse o anel do selo na minha mão direita, contudo dali te arrancaria" Jr 22:24.

Anchieta Campos

Clóvis disse...

Caro James,

"Nossos ilustres “adversários”, querem levar a discussão sobre predestinação e livre-arbítrio, sob a ótica da teologia reformada, o que por si só já nos deixa dúvidas..."

Não te considero meu adversário e não sou seu. Somos irmãos em Cristo que discordam sobre alguns pontos da nossa salvação comum. E além da salvação comum, temo outra coisa em comum: um adversário a ser combatido.

Quanto a nossas divergências, não parto da teologia reformada. Parto das Escrituras e nela vejo as doutrinas esposadas pela Reforma. Então minha aceitação das doutrinas reformadas vem da minha sujeição às Escrituras, e não o contrário.

Mas é claro que o irmão pode continuar com suas dúvidas a respeito da base da minha fé...

"...chegando a indagar que “é necessário estudar muito, e entender o 1º ponto do Calvinismo”..."

No meu entender, para entender o primeiro ponto do calvinismo, não é nem preciso ler a Bíblia. Basta olhar para o homem. Você conhece um só homem, em toda a história da humanidade que conseguiu não pecar utilizando o seu livre-arbítrio? E qual tem sido a sua experiência: você vence o pecado na sua vida graças a ação decisiva do Espírito Santo ou graças ao bom uso do seu livre-arbítrio?

"Se tiver que estudar muito, continuarei a estudar/examinar a Bíblia, como o tenho feito há pelo menos dez anos, noite e dia... preciso remir o tempo, e não perdê-lo!"

Amém, amado. Continue lendo a Bíblia. Apenas lhe peço uma coisa: não a leia com os óculos dos pressupostos, deixe ela falar livremente. Eu creio no poder das Escrituras!

Em Cristo,

Clóvis

james disse...

Graça e paz vos sejam multiplicadas, amado irmão Anchieta Campos.

Mais uma vez, peço permissão para expor meu entendimento.

Clóvis,

Com relação ao livre arbítrio, tenho a certeza que já encerramos o assunto e, tenho plena convicção que as Sagradas Escrituras são poder para convencer o homem do pecado, “não por força”...

Por fim, quando me referi aos irmãos como ilustres “adversários”, refiro-me a termos posições contrárias, como você mesmo afirmou: “sobre alguns pontos da nossa salvação comum”, tanto assim o é que, os denominei “ilustres”, pois, quando se está em lado opostos a um debate, não poderíamos nos classificar como aliados, ou parceiros...

Como afirmei anteriormente, o irmão gosta de manipular a letra!

Deus os abençoe ricamente.

Fraternalmente.
James.
www.jesusmaioramor.blogspot.com

Anchieta Campos disse...

Caro irmão James, a paz do Senhor.

O amado irmão, bem como o nobre irmão Clóvis, ambos tem livre trânsito em meu humilde espaço.

É motivo de honra sempre contar com suas constantes visitas.

Anchieta Campos

Luiz Calvinista disse...

Irmão Anchieta, por favor não seja hilariante, tá sendo ridículo!!!
Estude menos direito, e faça DIREITO e estude a Bíblia, a revelação, a qual segundo vc eu estou cego ou fechado!!
TÁ FALANDO MUITO BONITINHO, PORÉM É OFENSIVO COM FALA MANSA E FALSA HUMILDADE E MANSIDÃO!!!

VOCÊ DISSE:

"Nosso irmão Luiz acaba por se entregar e assumir sua religiosidade humana em seu próprio título: Luiz CALVINISTA.

Ser fiel ao extremo a uma linha teológica ou a determinado homem é muito perigoso e algo contrário as Santas Escrituras."

Eu sou extremista a uma linha teológica? Leio de TUDO, desde liberais até conservadores (embora sou conservador, creio na escrituras como um todo). Agora você só LER A CPAD, E SÓ CONSIDERA LIVROS IMPORTANTES OS DA CPAD É VER SEU BLOG (oh!! Cabecinha fechada, e ainda, eu sou o extremista!!!). É um comediante!!!!!!!!!!!!!!
Tenho muitos livros cerca de 300, porém uns 30 ou 40 cpad, e a cpad melhorou muito seu parque gráfico que era um lixo (a uns 10 anos atrás), falei isso com o Pr. Wellington (pres. da CGADB). Contudo a cpad tem muita coisa boa!!!
Anchieta em que momento eu disse que não era calvinista ou dissimulei isso?
Estou realmente IMPRESSIONADO COM SUA INTELIGÊNCIA, pois só notou isso AGORA? TÔ REALMENTE IMPRESSIONADO!!!
Se você for advogado com essa percepção vai morrer de fome, e se tentar um concurso público na prova de raciocínio lógico da PF, vc zera!!!!!
Desde quando entrei no seu blog, se fosse tão inteligente como tenta dissimuladamente mostrar; Se visse os meus comentários e fosse um pouco sábio, veria que sou calvinista, e não falaria tanta asneira como falou!!
Estás sendo hipócrita, bem fariseu!!
És legalista como os outros pentecostais arminianos? Ah!! vc se salvou, pelo seu "livre-arbitrio" é o cara, nem precisou do Espírito Santo, ah!! esqueci o Espírito Santo só serve para shows!!
Vc é pentecostal e não é raro encontrar pessoas que se dizem crentes relatarem testemunhos “sobrenaturais”, “sinais e maravilhas”, “mistérios”, etc. Vigílias onde coisas estranhas acontecem, gente que vê folhas de árvores douradas, prateadas, brilhantes, reluzentes ou pegando fogo. Falar em vocábulos estranhos e “sentir” Deus enviando Sua Palavra são coisas mais do que “normais” para vários grupos evangélicos. Cultos onde pessoas choram, riem, batem palmas, caem, convulsionam, e tudo de forma descontrolada. Vi tudo isso quando era Evangelista da Bléia, e via tudo isso, porém não vi edificação, e principalmente seriedade doutrinária, olha vc!!


Vc estás sendo um falso humilde, pois vc disse que conhece o calvinismo, eu dúvido e o desafio fora do seu blog para ver se vc conhece realmente o Calvinismo com disse, vamos no orkut, pois tem várias comunidade calvinistas e arminiana, escolha a comunidade, vamos ver os textos no grego vamos analisar os dicionários exegéticos, léxicos, e sem manipulação calvinista ou pentecostal arminiana!!
Pois conheço toda mentira do arminianismo e farisaismo do pentecostalismo pelagiano!!

VOCÊ DISSE:

"para abandonar o calvinismo não precisei me valer de obras "arminianas", mas das próprias falhas e insustentáveis produções da linha calvinista (lembrando que falo no ponto da predestinação incondicional)".

Anchieta vc estudou mesmo? É o erudito, Sinceramente Irmão eu duvido de todo coração, pois vc fala como leigo. ainda que ser apologista, como McGrath, Craig, Moreland, Geisler, Schaeffer, Cheung, Clark e outros!! TEM QUE ABRIR ESSA SUA CABECINHA, POTIGUAR!!

VOCÊ DISSE À MEU RESPEITO:

"Creio que o irmão precisa sair da minha fase de neófito e crescer um pouco mais no conhecimento da graça e do nosso Senhor Jesus Cristo".


Não estou cegamente correto, pois creio no evangelho, e o que nos chamamos de calvinismo (que na verdade esse nome é uma caricatura). Calvinismo é o evangelho, como disse Charles Haddon Spurgeon o maior pregador da História !!
Agora todos os grandes homens da HISTÓRIA DO CRISTIANISMO (Agostinho, Tomás de Aquino, Lutero, Calvino, Zwinglio, Teodoro Beza, John Knox, John Fox, Jonathan Edwards, John Owen, John Bunyan, e todos Puritanos, Hodge, Strong, Berkhof, Lloyd-Jones, John Stott, Wayne Grudem e todos os grandes teológos da história, ESTAVAM CEGOS OU ERAM TODOS BURROS, SEGUNDO VC, PORÉM SÓ ANCHIETA E OS PENTECAS SÃO OS FERAS ERUDITOS DAS ESCRITURAS!!!

Anchieta Campos disse...

Irmão Luiz,

Me perdoe, mas seu comentário me fez rir!

Me fez rir quando tentou fazer uma análise do tempo que dedico de leitura para os temas que estudo, como se vivesse comigo 24hs por dia.

Me fez rir quando tentou jogar para cima de mim a fala ofensiva, quando você mesmo desde suas primeiras postagens se mostrava com palavras ofensivas, sem respeito e menosprezando os defensores do livre arbítrio. No momento em que realizei um comentário mais "pesado" como fora o meu último, a ferida inflama e o irmão confirma de uma vez por todas sua pré-potência e arrogância.

Me fez rir quando afirma que leio somente a CPAD e afirmar que sou cabecinha fechada. Oras, quem é você para dizer que eu só leio a CPAD e sou cabeça fechada (creio que em relação as demais doutrinas protestantes)? Pergunte aos seus companheiros de calvinismo de minha cidade que eles lhe responderão, pois com certeza eles me conhecem melhor que você. Se o caro tivesse tido o mínimo de percepção, teria percebido que dialoguei muito bem e com respeito exemplar com o irmão e amigo Clóvis, defensor da linha calvinista, e mesmo assim nunca enveredamos pro lado que nós dois fomos, pois ele mesmo sendo defensor do calvinismo é um crente em Jesus e conhecedor da mente e do coração de Cristo.

Me fez rir quando disse que somente "agora" eu tinha percebido que você é calvinista, questionando inclusive minha inteligência. Essa realmente fora uma das melhores! Nem conseguiu entender minha linguagem crítica e interpretativa.

Me fez rir quando me chamou de hipórita e fariseu, mostrando que nem sequer se deu ao trabalho de ler mais artigos de meu blog.

Me fez rir aop demonstrar que não conhece mesmo o pensamento teológico do pentecostalismo clássico ao afirmar absurdas como "Ah!! vc se salvou, pelo seu "livre-arbitrio" é o cara, nem precisou do Espírito Santo, ah!! esqueci o Espírito Santo só serve para shows!!
Vc é pentecostal e não é raro encontrar pessoas que se dizem crentes relatarem testemunhos “sobrenaturais”, “sinais e maravilhas”, “mistérios”, etc. Vigílias onde coisas estranhas acontecem, gente que vê folhas de árvores douradas, prateadas, brilhantes, reluzentes ou pegando fogo. Falar em vocábulos estranhos e “sentir” Deus enviando Sua Palavra são coisas mais do que “normais” para vários grupos evangélicos. Cultos onde pessoas choram, riem, batem palmas, caem, convulsionam, e tudo de forma descontrolada. Vi tudo isso quando era Evangelista da Bléia, e via tudo isso, porém não vi edificação, e principalmente seriedade doutrinária, olha vc!!". Oras meu caro amigo, essas suas palavras mostram que realmente nem conhece o que a Assembléia de Deus prega sobre tudo isso, e mostra que não lê os livros da CPAD, pois se realmente passasse a vista sobre eles perceberia que a Assembléia de Deus é bem mais ortodoxa na soteriologia e pneumatologia do que você pensa, rejeitando todas essas aberrações paracletológicas citadas por você, e saberia também que o Espírito Santo para nós é elemento fundamental para nosso convencimento do pecado, da justiça e do juízo, e não serve para nós em shows, até porque nem de shows evangélicos eu gosto!

Falhas mais uma vez ao afirmar que não conheço de calvinismo fora do meu blog. Oras, tenho links de calvinistas em meu blog! E quanto a comunidades do orkut, já estou cansado de lê-las, as de todos os lados e visões.

Me fez rir quando afirma que falo como leigo. Oras, o primeiro sinal de um leigo é se expressar de forma arrogante e pré-potente como o irmão faz desde seu primeiro comentário, e confirmou, repito, quando nivelei o debate, onde o irmão mostrou em seu último comentário um baixo nível intelectual e de respeito muito baixo.

Me fez rir e ficar um tanto quanto desgostoso ao mandar eu abrir minha "essa cabecinha potiguar". Não menospreze o nordeste e o Rio Grande do Norte, pois oa maior teólogo vivo do Brasil é de uma cidade pequena do RN. Falo de Antônio Gilberto. Por sinal, já lestes algum livro dele sobre soteriologia e pneumatologia? Leia e terás um entendimento mais claro do posicionamento doutrinário das Assembléias de Deus.

Por fim, me fez rir como nunca ao encerrar seu pífil comentário ao afirmar que "Não estou cegamente correto, pois creio no evangelho, e o que nos chamamos de calvinismo (que na verdade esse nome é uma caricatura). Calvinismo é o evangelho". Sinceramente, amado irmão, muito me estranha ouvir uma afirmação tão comprometedora como esta, vinda de uma pessoa que se diz cristã evangélica. Nunca escreverei que nenhuma linha teológica é o Evangelho, pois todas são falhas e tem o dedo humano pelo meio; além do mais seria uma rídicula humanização do divino, perfeito, invalível, inerrante e poder de Deus para salvação, que é o Evangelho de Cristo.

Por fim, me fez rir ao afirmar que eu penso que somente os teólogos pentecostais são "feras eruditos", mostrando assim, mais uma vez, que não me conhece em nada!

Se tivesse tido o simples cuidado de pesquisar mais em meu blog antes de proferir estes seus inúteis comentários, creio que não teria escrito essas babozeiras sem fundamento e razão alguma.

Por fim, encerro dizendo que não discutirei com você estes pontos em que divergimos, pois, diferentemente de outros calvinistas, você não detém nível suficiente para uma troca de idéias como realizei nestas postagens que publiquei.

Encerro protestando por nossa amizade e irmandade fraternal, em prol do anúncio e da defesa dos fundamentos do Evangelho, os quais creio eu que somos compactuantes.

Abraço.

Anchieta Campos

james disse...

Graça e paz vos sejam multiplicadas, amado irmão Anchieta Campos.

Nestes 14 meses à frente de meu blog, e portanto, no mundo blogueiro, expondo o meu entendimento única e exclusivamente com base nas Sagradas Escrituras, tenho deparado com uma diversidade de idéias, teologias, doutrinas, tendências, prepotência, arrogância, exibicionismo, pseudo-intelectualismo, por fim, uma salada que hoje se denomina “mundo evangélico”, para a glória de Deus, às vezes, um ou outro demonstra o verdadeiro e imutável Evangelho de Jesus Cristo...

E, sem dúvida alguma, cada vez mais, podemos notar que o muito conhecimento secular e doutrinário humano, leva aos homens (as atitudes temos observado) perderem as estribeiras, pois quanto mais a verdade lhes é exposta, mais estes ficam sem argumentos, e, partem para a direção que, jamais condiz com os ensinamentos de nosso Amado Mestre e Senhor, Jesus Cristo: “aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração”...

Ainda, como bem nos alertou nosso amado irmão Paulo, “na verdade, tenho também por perda todas as coisas, pela excelência do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; pelo qual sofri a perda de todas estas coisas, e as considero como esterco, para que possa ganhar a Cristo” (Filipenses 3.8). E, realmente é o que podemos nos confrontar com a grande maioria dos evangélicos, estes colocam em primeiro plano seu conhecimento secular para justificar suas tendências no Evangelho de Cristo... infelizmente!

A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja com todos vós. Amém.

Fraternalmente.
James, o crente.
www.jesusmaioramor.blogspot.com

Anchieta Campos disse...

Amado irmão e amigo James, a paz do Senhor.

Falou, mais uma vez, com muita coerência e moderação, características de um verdadeiro servo de Deus.

Existem muitos pentecostais e muitos tradicionais que caem no erro da religiosidade doutrinária, bem como existem muitos de ambos os lados que sabem serem cristãos bíblicos. A qeustão para não cairmos neste engodo não é nem tanto a formação teológica, mas sim uma questão de aprender o que significa ser um crente sola scriptura.

Forte abraço.

Anchieta Campos

Luiz Calvinista disse...

Irmão Anchieta

Vc diz que não só ler CPAD, porém vc só “considera” livros importantes os dessa editora, e isso esta no seu blog cara, e aindas tens cara de pau de questionar, dizendo que não é verdade?

Quando eu questionei sua inteligência, eu me surpreendi com vc, pois é menos que eu imaginava, pois quando me referi aos “shows” não estava dizendo sobre cantores e músicos evangélicos, mas a bagunça geral que os pentecas causam, com suas maluquices, insanidades e deturpações doutrinárias.

Anchieta você superou até os mais loucos, como: Calígula, Constantino, Nostradamus, Hitler, Himmler (e sua turma da SS) e outros insanos com um blasfêmia dessa!!!

OLHA SÓ QUE VOCÊ DISSE:

“Me fez rir e ficar um tanto quanto desgostoso ao mandar eu abrir minha "essa cabecinha potiguar". Não menospreze o nordeste e o Rio Grande do Norte, pois oa maior teólogo vivo do Brasil é de uma cidade pequena do RN. Falo de Antônio Gilberto. Por sinal, já lestes algum livro dele sobre soteriologia e pneumatologia? Leia e terás um entendimento mais claro do posicionamento doutrinário das Assembléias de Deus”.

Cara nem os Testemunhas, os bizarros mórmons e os adventistas, e nem o movimento gay com suas insanidades poderiam dizer tamanhos absurdos como o irmão; Pois quando disse que vc tem que abrir sua cabecinha de potiguar, NÃO ESTAVA MENOSPREZANDO OS NORDESTINOS, como vc com sua "intelectualidade incrível" ahou, pois meus avôs (paterno e materno) são do Nordeste, eu estava apenas fazendo uma referência ao seu estado, se vc fosse paulista, gaúcho, paraense, carioca, teria falado a mesma coisa. Todavia eu sinto muitíssimo se eu pisei no seu complexo de inferioridade.

Agora vc pegou pesado ao dizer que Antônio Gilberto é o maior teólogo vivo, SÓ O GRAÇA DE DEUS PAI. Pois em teologia sistemática ele chuta longe, em educação cristã ele é até bom, fora isso ele é fraquíssimo teologicamente (embora para os pentecas ele é um gênio, pois em terra de CEGO QUEM TEM UM OLHO É REI). Vc só prova que só ler CPAD!!!

Leia umas obras consistentes com exegeses corretas e não EXEJEGUES, e para de ler os “gibis” teológicos.

VOCÊ DISSE:

“Por fim, me fez rir ao afirmar que eu penso que somente os teólogos pentecostais são "feras eruditos", mostrando assim, mais uma vez, que não me conhece em nada!”
Realmente eu não tenho “nível” suficiente para conversa com vc, pois é dissimulado demais, pois ainda diz que o maior teólogo é Gilberto, e no seu blog só tem livro considerado “importante” da Cpad, e ainda diz que eu estou mentindo!!!

VOCÊ DISSE:

“Sinceramente, amado irmão, muito me estranha ouvir uma afirmação tão comprometedora como esta, vinda de uma pessoa que se diz cristã evangélica. Nunca escreverei que nenhuma linha teológica é o Evangelho, pois todas são falhas e tem o dedo humano pelo meio; além do mais seria uma rídicula humanização do divino, perfeito, invalível, inerrante e poder de Deus para salvação, que é o Evangelho de Cristo”.

REALMENTE, TODAS AS TEOLOGIAS TEM O DEDO HUMANO, INCLUSIVE ATÉ A PALAVRA DE DEUS QUE FOI INSPIRADA PELO PRÓPRIO DEUS VIVO, E FOI ESCRITA PELOS DEDOS DE PAULO, PEDRO, JOÃO, E POR ISSO ERAM MENTIRAS? A BÍBLIA É UMA MENTIRA? DEVE SER POR ISSO ESSAS BUSCAS FRENÉTICAS POR NOVAS “REVELAÇÕES” E PROFECIAS MENTIROSAS?

Por fim quando vc fala isso dá a entender que a Bíblia é uma mentira (porém sei que vc não está falando isso). A Bíblia ensina TODOS OS PONTOS DA TEOLOGIA REFORMADA!!

PENSE NISSO:

“A Reforma produziu um era de grandes avanços para a humanidade, e de grandes pensadores, artistas e obreiros porque elevou Deus às alturas e baixou a cabeça humana diante de sua majestade”.

“Se o sacrifício de Cristo, então, cobre cada pessoa, até mesmo aquelas que nunca o aceitarão, encaramos duas alternativas:
Dizer que cada pessoa será salva (visto que não há mais base para condenação, e todos pecados foram cancelados) ou que há um pecado (incredulidade) pelo qual Cristo não teve capacidade e não faz expiação”.

SOLI DEO GLORIA

Anchieta Campos disse...

Luiz CALVINISTA, saudações.

Amado, pensei sicneramente em nãi publicar o seu comentário, simplesmente por não parecer em nada com um comentário de um seguidor de Cristo e de sua Palavra. Mas, como este blog andava sem comentários e pessoas para se rir, pois os apologistas católicos quase que não postam mais nada aqui depois das surras que levaram, julguei por bem publicar seu comentário (comentário?), tanto para que os leitores deste artigo possam rir (ou chorar) um pouco, bem como para que possam ver o temperamento e entendimento bíblico de um calvinista frustrado com alguma coisa.

Peço que se mantenha mais equilibrado em seus comentários, para que não envergonhe a sua igreja e nem a sua linha teológica, a qual muito respeito e admiro, tendo a mesma inúmeros exemplos (tanto vivos como já falecidos) de fiéis e maduros seguidores de Cristo.

Por fim, por estarmos em período natalino e festivo de final de ano, não irei aqui elaborar uma resposta mais extensa ao seu último comentário (comentário?), a qual não seria (mais uma vez) muito agradável a sua pessoa, e o que apenas iria prolongar uma discussão a qual nunca pensei que fosse passar com uma pessoa que diz cristã e conhecedora/seguidora das Sagradas Escrituras.

Abraço.

Anchieta Campos

Darlan vitor disse...

Irmão Clóvis essas perguntas são típicas de calvinistas "Jesus está desapontado?"essa mesma pergunta vale para o irmão Deus está desapontado ao Criar Adão e Deus mesmo lhe indicando o caminho ainda assim pecou será que Deus não sabia que ele iria pecar?ou Jesus que veio para o que era seu e os seus não o receberam será que Jesus ficou desapontado ou melhor porque o Espírito Santo fica triste se o próprio Espírito sabe que esse ser humano não pode fazer nada para não entristece-lo e porque Deus condenaria a maior parte da humanidade sem ao dar uma chance para se salvarem por um pecado que eles nem cometeram "digo o pecado horiginal de Adão"que ao meu ver os pecados que ser humano cometem hoje são mais culpas de Adão do que de seus descendentes?A paz espero resposta..