domingo, 26 de outubro de 2008

Frase quase divina – 33

Mais uma frase de Lutero, uma célebre frase, diga-se de passagem.

“Não tenho outro nome, senão o de pecador; pecador é meu nome; pecador, meu sobrenome” Lutero.

Anchieta Campos

2 comentários:

james disse...

Graça, misericórdia e paz, da parte de Deus Pai e da do Senhor Jesus Cristo, o Filho do Pai, seja convosco na verdade e amor, amado irmão Anchieta Campos!

É imprescindível reconhecermos nossa condição de pecadores, "Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós. Se confessarmos os nossos pecados, Ele é Fiel e Justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça. Se dissermos que não pecamos, fazemo-Lo mentiroso, e a sua palavra não está em nós."

E esta condição Lutero soube muito bem expressá-la...

Fraternalmente.
James.
www.jesusmaioramor.blogspot.com

Anchieta Campos disse...

Nobre irmão James, a paz do Senhor!

"Se dissermos que não pecamos, fazemo-Lo mentiroso, e a sua palavra não está em nós", estas palavras de João são umas das mais fortes de toda a Bíblia!

Se dissermos que não pecamos, estaremos simplesmente nos igualando a Deus, o que é, por si só, um absurdo gigante!

Abraços!

Anchieta Campos