domingo, 15 de junho de 2008

Igreja Anglicana, libertinagem e homossexualismo

Fui deparado com uma notícia nada boa que se encontrava na home page do UOL, que trazia (e traz) o seguinte título: Sacerdotes gays anglicanos se casam em igreja em Londres. Quem quiser ler a matéria basta clicar sobre qualquer ponto do título da mesma.

A Igreja Anglicana, uma das mais antigas do movimento da reforma, está perdendo sua ortodoxia e marca clássica, se tornando uma das primeiras a se abrir para modismos e invenções heréticas, das mais baixas e absurdas, diga-se de passagem.

O anglicanismo já tinha em sua marca uma grande semelhança litúrgica e doutrinária com o catolicismo romano, sendo há tempos classificado como um movimento intermediário entre o romanismo e o protestantismo. Agora a igreja Anglicana está também se assemelhando ao mundo, para completar de vez o seu desvio da linha bíblico-protestante.

Oremos para que esta importante e histórica igreja possa se libertar dessas algemas e gozar de um grande e regenerador avivamento da parte de Deus, pois como a própria matéria mostra, nem tudo está perdido para a Igreja Anglicana.

Só para terminar: é ou não é o fim dos tempos?

Anchieta Campos

6 comentários:

João Paulo Mendes disse...

Paz do Senhor Anchieta,

Infelizmente uma notícia como essa é veradeira.
Como uma igreja que já foi tão importante na história do protestantismo, se comporta dessa forma?
Realmente é o fim.

Que o Senhor nos ajude a não nos corromper,

Joao Paulo
www.joaopaulo-mendes.blogspot.com

Anchieta Campos disse...

Nobre irmão João Paulo, a paz do Senhor.

Posto notícias como estas com grande dor e pezar em meu coração. Mas é algo certo também que a verdade deve ser sempre propalada, não importa se seja boa ou ruim para as nossas conveniências.

A Igreja Anglicana já fora a grande responsável por períodos de saudáveis e grandiosos desevolvimentos da Inglaterra e Reino Unido, mas hoje está enferma (praticamente morta), assim como a fé daquela nação, que já fora um louvável berço do protestantismo.

Que saudade do tempo em que a própria Rainha inglesa era o expoente maior da fé cristã!

Oremos para que o anglicanismo se salve e seja restaurado, bem como para o Senhor guardar todo o protestantismo dos ataques do mundo e das próprias vaidades humanas.

Abraços fraternos!

Anchieta Campos

james disse...

A Graça e a Paz estejam convosco, amado irmão Anchieta.

Infelizmente são notícias como esta que estão sendo estampadas no canais de informações, notícias que transformam parte do mundo cristão numa banalidade, com seus escândalos e suas excentricidades...

Mas creio que triste também é a posição de grande parte da igreja protestante mundial, não só em especifico a 'anglicana', mas a atualidade da igreja como um todo, estão permitindo que o 'mundanismo' cada vez mais crie raiz dentro da igreja protestante...

Que Deus abençoe ao amado e aos seus ricamente.

Oremos ao Senhor.

Fraternalmente.
James.

Anchieta Campos disse...

Caro irmão James, a paz do Senhor.

Sua presença em meu blog é sempre motivo de alegria.

Realmente é uma verdade que o mal do mundanismo tem invadido todo o seio protestante. O pecado não é limitado por placas de igrejas, mas onde houver homem, ali ele estará presente; esta é uma verdade que sempre fez parte da história humana. Mas também é uma verdade que sempre houve e continuará a existir homens e mulheres compromissados com a Palavra de Deus e com o Deus da Palavra, em todas as denominações genuínamentes protestantes. Amém.

Abraços fraternos meu caro irmão. Deus o abençoe grandemente.

Anchieta Campos

Anônimo disse...

A paz do Senhor!

É muito triste nos deparamos com notícias como esta. Mas como você comentou, ainda existem homens e mulheres compromissados com a Palavra de Deus. Que cada um de nós, oremos uns pelos outros.

Um abraço!

Fraternalmente,

Francivaldo Jacinto

Anchieta Campos disse...

Caro irmão Francivaldo, a paz do Senhor.

Fico feliz pela sua participação em meu blog.

Mostremos o erro, mas também sempre mostremos a solução, que é JESUS!

Abraços fraternos.

Anchieta Campos