domingo, 10 de maio de 2009

Frase quase divina – 57

Mais uma frase do memorável reformador e teólogo francês, João Calvino, o qual, assim como outros grandes nomes do cristianismo, dispensa apresentações.

“A sã doutrina certamente jamais prevalecerá, até que as igrejas sejam melhor providas de pastores qualificados que possam desempenhar com seriedade o ofício de pastor” João Calvino.

Anchieta Campos

2 comentários:

james disse...

.

Misericórdia, e paz, e amor vos sejam multiplicados, amado em Cristo, irmão Anchieta Campos.

A esta frase de Calvino, podemos trazer um questionamento: qual qualificação este quer se referir??

Acadêmica ou Espiritual??

Assim sendo, deixa em aberto, um amplo leque de discussão muito comum em nosso tempo presente, uma vez que, muitos evangélicos acham que o pastor, que chamam de líder, deva ser um homem letrado, acadêmico, portador de cursos e seminários teológicos, por assim dizer, um religioso intelectualizado!

Ainda, sabemos que A.W.Tozer, não frequentou seminários teológicos, porém, se destacou por seu amplo conhecimento bíblico, portanto, foi um homem qualificado...

De outra sorte, a qualificação de quem quer que seja, em qualquer modalidade, secular ou espiritual, sempre trará bom proveito!

Nos interesses de Cristo e Sua Igreja.

Fraternalmente.

James.

Jesus, o maior Amor ///
Comunidade "Adoradores em Casas"///
...
..
.

Anchieta Campos disse...

Prezado irmão e amigo James, a paz do Senhor.

Não basta ter conhecimento bíblico (até os hereges o tem), tem que ter o conhecimento bíblico correto. Realmente o entendimento ortodoxo da Bíblia não depende de um curso de teologia, e o curso de teologia não garante que a pessoa será um cristão ortodoxo. Todavia, como bem disse o amado, a qualificação, seja ela secular ou espiritual, é sempre proveitosa.

Isto posto, vejo que todo e qualquer pastor que se preze, mesmo que não seja obrigado por sua denominação, irá se capacitar secularmente, intelectualmente, i.e., teologicamente, para melhor proveito dele e do povo de Deus sobre a sua reponsabilidade.

É um cuidado que não faz mal algum, mas tão somente o bem.

Forte abraço.

Anchieta Campos